POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL RECOLHE TAMANDUÁ MIRIM PARA CUIDADOS

09 | maio

O 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, por meio da sua unidade na cidade de Porto União recebeu da corporação de Irineópolis um Tamanduá mirim. O animal foi encontrado muito abatido e cansado no dia 07 de maio por moradores do interior da cidade.

 

Após avaliação realizada pela equipe de biólogos da Polícia Militar Ambiental de Porto União, foi diagnosticado que o animal necessitava de cuidados especializados, pelo nível de estresse e abatimento que apresentava, aparentando, em primeira análise, estar doente ou até com um ferimento não visível.

 

Superada a fase de avaliação primária foi encaminhado o animal até o hospital veterinário do Centro Universitário Vale do Iguaçu (UNIGUAÇU), onde passará por avaliação mais detalhada, que contará com especialistas em medicina veterinária e equipamentos para diagnostico mais apurado do estado do pequeno mamífero.

 

Antes de firmar parceria com a UNIGUAÇU, um atendimento desse nível, para animais silvestres, seria possível somente com o transporte do animal até a capital do estado (Florianópolis), ao Centro de Triagem de Animais Silvestres, ou mediante pagamento em uma clínica especializada. A parceria com o Centro Universitário Vale do Iguaçu veio garantir pronto atendimento em casos como esse. Essa agilidade pode garantir a vida do animal.

 

Parcerias como esta contribuem para a proteção ambiental integral, otimizam o trabalho dos órgãos de proteção da natureza e demonstram que o sistema de gestão pautado em parcerias, só vem a somar para o bem comum.

 

CONFIRA:

 

 

  

Comentários, dúvidas, sugestões? Entra em contato com a gente!